Ter um cão atleta é um verdadeiro presente, não é mesmo? Afinal, se você pratica atividades físicas e até mesmo alguns esportes, ter o seu pet como companheiro de treinos certamente ajuda na constância e na motivação.

Porém, assim como você precisa investir em hábitos e cuidados extras para manter a saúde e a performance em dia ao praticar atividades de média e alta intensidade, saiba que o seu cão também precisa desse acompanhamento.

Por isso, continue a leitura para descobrir 5 maneiras de cuidar do seu cão atleta – e uma surpresa: conheça uma ração específica para cães, com as proteínas e vitaminas ideais para a base alimentar dele.

1. Saiba respeitar o limite do seu cão atleta

Sabe aqueles dias em que o seu cão atleta está mais cansado e indisposto? Respeite esse dia, não tentando forçar a prática dos exercícios físicos.

O ritmo de cada animal varia de acordo com a raça, a idade, além de outras características, como o clima do dia. 

E atenção: se você notar uma queda de ritmo além do normal, procure o médico veterinário para um check-up – o que nos leva à segunda dica.

2. Leve o cão atleta para consultas regulares ao veterinário

Aliás, antes mesmo do seu pet sair para praticar exercícios físicos intensos, é importante que ele passe por uma avaliação veterinária.

É preciso se certificar sobre a saúde do cão de maneira geral, pois nem sempre ele estará apto a acompanhar o seu ritmo de atividades físicas e isso pode desencadear problemas futuros.

Portanto, conte sempre com a orientação do médico veterinário!

3. Fique atento aos horários das atividades físicas do seu cão atleta

Você sabia que os pets também são sensíveis aos raios ultravioletas? Isso mesmo, o calor em excesso pode prejudicar a saúde do seu cão atleta.

Imagine, por exemplo, o seu cão correndo no sol do meio-dia em um asfalto quente? Além da exposição direta aos raios ultravioletas, as patas do animal podem ficar até queimadas.

Por isso, fique atento! Saia com seu cão atleta em horários com temperaturas amenas e passe protetor solar, incluindo nas partes sem pelo, como orelhas, focinho, patas e barriga.

Do mesmo modo, também evite que o seu cão saia em horários muito frios. Dependendo da raça, ele pode sentir mais frio e até desenvolver aquelas doenças de inverno que conhecemos muito bem.

Leia também: Tudo o que você precisa saber antes de adotar cachorro e gato.

4. Invista no adestramento do seu cão atleta

Essa é uma dica que nem todo mundo sabe: é possível, sim, investir no adestramento do seu cão, mesmo que ele já não seja tão jovem.

Com o adestramento, as atividades físicas serão feitas com mais segurança e desempenho, pois evitará diversas situações, tais como:

  • parar constantemente para cheirar, urinar e defecar;
  • sair muito à frente do tutor (já que o cão estará sem coleira);
  • desobedecer aos comandos do tutor, como “espera”, “para”, “junto” e “vem”.

5. Atenção à alimentação e hidratação do seu cão atleta

Além de manter o consumo de água em dia, o seu cão atleta precisa de uma alimentação balanceada, de acordo com o ritmo de seus exercícios.

A alimentação de cães atletas precisa conter:

  • calorias (para dar energia);
  • proteínas;
  • ingredientes de fácil digestão.

É muito importante que o médico veterinário oriente a dieta do seu pet adequadamente, pois será preciso saber os horários, a quantidade certa e os tipos de suplementação, caso seja necessário.

Uma boa notícia é que já existem no mercado rações premium específicas para cães adultos que praticam exercícios físicos. Portanto, eis a seguir a nossa dica bônus!

Dica bônus: Conheça a ração ideal para cães atletas com Whey Protein

A Panelaço Pet tem uma dica especial para você que quer manter a saúde do seu cão atleta em dia: a ração Power Active, da marca Seven Dogs

Feita especialmente para cães adultos e que treinam constantemente, a ração é um alimento premium de alta qualidade contendo 25% de proteína de frango, batata doce – e Whey Protein, a proteína concentrada do leite muito utilizada por atletas e praticantes de atividades físicas.

Além disso, a ração Power Active também contém uma série de vitaminas, tais como A, B1, B12, B2, B6, D3, E e K3, além de selênio, magnésio, zinco e outros minerais para a saúde e o desempenho esportivo dos pets. 

Ficou interessado nessa novidade? Então entre em contato conosco para saber mais sobre a ração Power Active