Quem gosta de animais sabe a importância deles estarem sempre em movimento, os exercícios para cachorros em especial, é necessário que faça parte da rotina dos animaizinhos para a manutenção de sua saúde física e mental.

Neste artigo vamos falar sobre os exercícios para cachorros de forma que você entenda os benefícios para o seu amiguinho e também para o tutor, afinal, ao longo da leitura você entenderá que uma via de mão dupla essa relação.

Além disso, estamos trazendo várias dicas de exercícios para serem feitos dentro e fora de casa, caso você seja um tutor que more em apartamento ou casa sem espaço, ou mesmo não tenha tempo de levar o seu amigo para brincar em um ambiente externo.

Continue lendo este artigo para acompanhar as nossas dicas e informações sobre exercícios para cachorro.

Curiosidade sobre os exercícios para cachorros

Você sabia que independente do porte do seu cachorro, ele precisa de atividade física? Isso mesmo, não é porque seu cachorro é porte pequeno ou mini, como os pinschers e yorkshires, que eles não precisam praticar exercícios.

Tutores de cachorros de grande porte já entendem desde antes de adquirir o seu amigo, que eles precisam gastar energia para serem sociáveis e viverem em harmonia.

Mas sim, os exercícios para cachorros trazem benefícios para todas as raças e malefícios para os cachorros que não praticam.

Benefícios dos exercícios para os cachorros

A prática de atividade física dos pets, tanto cachorros como gatos, é uma forma de manter esses nossos amiguinhos felizes e também com a saúde em dias, já que assim como nós humanos, estaremos evitando entre algumas doenças, a obesidade e malefícios causados por ela.

  1. Combate a ansiedade

Na parte psicológica, podemos afirmar que o exercício físico para os cachorros combate a ansiedade, pois a atividade física libera um hormônio chamado endorfina e conhecido pelos humanos como “hormônio da felicidade”.

Quem ama seus pets, quer vê-los felizes e sem estragar sapatos e sofás, não é mesmo? A atividade física fará eles liberarem essa energia que eles gastariam estragando os seus móveis.

2. Estimula e ensina o seu cachorro a ser obediente

Exercício para cachorro vai além da caminhada por dia que alguns tutores acreditam ser o suficiente.

Algumas atividades como jogar bola para eles irem buscar, e treinar comandos como sentar, deitar, ficar, e deitar, estimula o seu cachorro a ser obediente.

Você pode até pensar que estimula-los a aprender estes comandos sejam chatos para os cachorros, mas os pets amam e veem como uma grande brincadeira que os deixam felizes, e você terá mais comando sobre o seu animal de estimação.

3. Exercícios físicos fortalecem as articulações e evita o sobrepeso

Quando praticados de forma correta, a atividade física contribui para o fortalecimento das articulações do seu pet, pois, elas garantem a permanência da lubrificação das mesmas.

Os veterinários costumam comparar o perigo do sedentarismo do cachorro com o perigo do vício do tabagismo do humano.

Sendo que o exercício para cachorro pode facilmente resolver esse problema de sedentarismo e garantir saúde ao seu cachorro para que eles vivam muitos anos ao seu lado.

Qual a quantidade certa de exercício para cada cachorro?

A quantidade de atividade física para cada raça de cachorro deve ser diferente. Afinal os cachorros de porte grande têm maiores concentrações de energia e força no seu organismo do que os de porte pequeno e médio. Por isso, os exercícios para cachorro devem ser dosados de acordo com seu porte.

Mas independente deste detalhe importantíssimo, que é o tamanho e raça do cachorro, o certo mesmo é que todos eles precisam de atividade física diária, e comedidamente para que promova gasto de energia, e liberação de endorfina, evitando assim, comportamentos destrutivos e depressão canina.

Dicas de exercícios para cachorro:

1. Caminhada e corrida

O ideal é começar com caminhadas curtas e aumentar a intensidade e tempo ao longo do tempo e da percepção do seu cachorro. Se tiver dúvidas, indicamos que consulte o veterinário.

Sem contar que o contato com a luz do sol, todos os dias, é de grande importância para o seu pet. 

2. Natação canina

Em algumas cidades conseguimos encontrar locais que oferecem esse tipo de serviço especializado para cães.

Nas cidades de praia, os tutores podem estimular seu cachorro a entrar no mar com brincadeiras e em segurança, nunca deixando-os sozinhos e mantendo uma higiene necessária como banho completo após essa exposição em água salgada e areia, para evitar problemas de pele no cachorro.

3. Cabo de guerra

Puxar um brinquedo como uma corda da boca do cachorro tem benefícios de uma atividade física, já que essa brincadeira quase que inocente, estimula a mandíbula e a força dos seus músculos.

Além de ser muito divertida, essa brincadeira não necessita de espaço e por isso, cachorros que moram em apartamentos, ou que os tutores passam a maior parte do dia fora, podem se exercitar com apenas um pedaço de corda.

Agora que você já sabe de todos os benefícios e tem ideia de algumas brincadeiras para fazer com o seu fiel amigo, nada de deixar ele cabisbaixo e sedentário! 

Confira também 5 fatores essenciais para apostar em uma alimentação com vitaminas para os pets!